Femina Hospital Infantil e Maternidade de Cuiabá | Onde Fica | Telefone: (65) 2128-9000?

Femina Hospital Infantil e Maternidade de Cuiabá | Onde Fica | Telefone: (65) 2128-9000?
4 (100%) 16 votes

Endereço

Endereço: R. Corumbá, 538 – Baú, Cuiabá – MT, 78008-100
Horário: Aberto 24 horas
Telefone: (65) 2128-9000

História

É criada em 1978 a Clínica Femina, sonho do recém graduado Kamil H. Fares, coajudado por Paulo Leão, Jeová Epaminondas e Fernando Arruda. Com liderança insistente Kamil obtém resposta positiva da sociedade cuiabana e continua o trabalho de agregação de novos colegas e tecnologias.
A Femina implanta o 1º Serviço de ultrassonografia gestacional em hospital privado e o laboratório de análises clínicas, consultórios fazem parte da área física do hospital, ideia totalmente revolucionária há época.
O espaço inicial da Clínica Femina no Bairro Bandeirantes, logo se torna insuficiente – A Femina já é respeitada como marca de EFICIÊNCIA – novo projeto, mais audacioso é desenvolvido no bairro Baú, quadruplicando o número de leitos. Passa-se de 5 (cinco) leitos do Bairro Bandeirantes para 20 (vinte) leitos, aumentamos o número de consultórios, ampliamos o Centro Cirúrgico e expandimos os serviços auxiliares.
Em Outubro de 1986 estávamos na nossa atual sede, não paramos 1 (hum) minuto nestes 20 anos. Hoje somos o HOSPITAL Femina, o número de leitos mais uma vez é ampliado, agora para 74. Serviços de tecnologia de ponta estão hoje funcionando.
UTI Neonatal – UTI Pediátrica – Laboratório de Reprodução Humana – Ultrassonografia tridimensional – Centro de investigação de doenças da mama – Mamografia c/ mamotomi – Laboratório de análises clínicas – Coleta de células tronco – Cirurgia cardíaca pediátrica. E Serviços de orientação genética, medicina fetal, imagem c/ implantação programada de tomografia, anatomia, patologia e citologia, orientação do climatério, endoscopia digestiva alta e baixa, videolaparoscopia, nutrição, coleta de leite materno, assistência social e Programa de educação continuada.

Site da Femina

Deixe uma resposta